Central de atendimento ao cliente: Rio de Janeiro: 0800 722 0036 | Demais localidades: 3004 5080

Organização no casamento: a mesa dos convidados

Organização no casamento: a mesa dos convidados

A história de que pequenas coisas fazem toda a diferença? Sim, é pura verdade. Quando se trata de casamento, então, cada detalhe merece um cuidado especial, até porque o dia mais esperado por você não pode lhe decepcionar, certo!? Se você está organizando a sua festa, deve saber que a distribuição das pessoas e a organização demandam tempo e cuidado. Centro de mesa? Louça para os convidados? Como sinalizar seus lugares? A gente ajuda a esclarecer essas dúvidas.

Além das mesas presidenciais – dos noivos e padrinhos – há, ainda, a preocupação com as mesas dos convidados. Antes de tudo, a regra número um nessa organização é esta: ninguém pode ficar sem lugar. Você deve colocar t-o-d-o mundo no seu planejamento. Segundo a cerimonialista Renata Hoff, existem três pilares importantes na hora de fazer o seu planejamento “a distribuição dos convidados será feita de acordo com o projeto de móveis e decoração e com as afinidades”, afirma, isso fará com que os convidados sintam-se mais confortáveis durante o evento.

Na disposição das mesas, é importante que todas tenham visão do ponto principal da festa, seja ele o altar, a pista de dança ou a mesa de centro. Tudo dependerá do tipo de cerimônia e da sua preferência. Se você quer deixar um lugar estipulado para cada convidado, pode mapear as mesas com escort card, place card ou seating chart. Essas ideias são bem famosas no exterior e consistem no seguinte: o escort card é um cartão com o nome do convidado e o número da mesa, geralmente entregue às pessoas no início do evento; place card é um cartão com as mesmas informações, mas ao invés de ser entregue no início da cerimônia, é colocado na própria mesa, onde cada um deve ficar (você pode investir em ideias diferentes, colocando plaquinhas, porta-retratos com o nome, fitas nos guardanapos); o seating chart é um mapa geral das mesas no salão, que fica geralmente com as recepcionistas. Segundo Renata Hoff, o mapeamento “possibilita ter um menor número de lugares de sobra, que será apenas para eventual comparecimento não confirmado, garantindo que não haja muitos gastos com lugares extras, além de garantir mais organização”, explica. 

Depois de estabelecer o lugar de cada um, você precisa organizar os componentes das mesas. Louças(2), ornamentos, faqueiros(1): tudo é importante. “Por ser um evento único, todo cuidado com a montagem da decoração da mesa é funtamental”, afirma Renata. Segundo a cerimonialista, ainda, é importante sempre a presença de sousplats, guardanapos de tecido(5), porta-guardanapos, talheres, copos, taças(3 e 4) e louça adequada ao serviço de almoço ou jantar.

“O uso de ornamentos está ligado ao espaço da mesa”, explica Renata. Centros de mesa, decorativos, arranjos ou objetos de sua preferência podem existir, desde que não ultrapassem o limite de espaço para cada convidado. Segundo a cerimonialista “o que não pode é a decoração atrapalhar a logística da empresa que está executando o serviço de servir”, explica. Então, se você tem alguma ideia especial, pode executar sem medo, desde que não seja demais.

Para tornar a sua organização mais prática, pedimos que a Renata passasse algumas dicas de organização de mesas, para você que é mais do it yourself e gosta de colocar a mão em cada detalhe, e ela respondeu: “Uma forma fácil e superbacana de personalizar e decorar mesas é escolher a louça de acordo com o que será servido – massa, pizza, churrasco – e a partir daí pensar nos outros decorativos. Seguindo a escolha do menu e louça, você pode pensar no resto”.

Tudo anotadinho? 😉 

Posts relacionados

Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades por e-mail.

voltar para o topo