Central de atendimento ao cliente: Rio de Janeiro: 0800 722 0036 | Demais localidades: 3004 5080

Método Montessori: como adaptar sua casa para as crianças

Método Montessori: como adaptar sua casa para as crianças

Muitas mães e pais têm adotado o Método Montessori para educar as crianças. Mas você já ouviu falar sobre essa abordagem? Hoje a gente vai explicar um pouquinho e trazer algumas ideias simples para adaptar sua casa ao Método Montessori, como o quarto, a sala, o banheiro, a cozinha e até a varanda. As crianças vão adorar. Confira!

O que é o Método Montessori?

Primeiro, vale contar que a educadora italiana Maria Montessori criou o método, por volta de 1907. Seu principal objetivo é oferecer à criança um desenvolvimento das habilidades e da noção de autonomia, com liberdade e segurança. Para isso, os espaços onde a criança vive permitem que ela tenha acesso ao que precisa, explore o ambiente com seus cinco sentidos e assim desenvolva suas habilidades de forma natural e quase instintiva. Resumindo: as coisas devem estar à altura dos olhos e ao alcance das mãos.

O mais interessante é que, além do quarto da criança, os outros ambientes da casa podem ganhar algumas pequenas adaptações que vão fazer a maior diferença para os pequenos e para toda a família. Tudo sempre com muito cuidado, sob supervisão dos adultos e com o máximo de segurança.

Quarto

O quarto é o principal ambiente que pode e deve ser adaptado para o Método Montessori.

  • A cama deve ser baixinha, só com o colchão na altura do chão (o modelo mais conhecido do método é a casinha de madeira), para que a criança possa dormir e se levantar sozinha;
  • Os brinquedos ficam em estantes baixas ou organizados no chão em cestos e caixas. Brinquedos macios e livros têm preferência, mas vai depender da faixa etária da criança;
  • Coloque algumas roupas e sapatos em nichos e gavetas na altura da criança, para que ela mesma consiga se vestir. Um espelho na parede vai ser uma ajuda importante para ela.

Sala

Sim, este espaço também pode ganhar alguns pequenos ajustes para as crianças se sentirem melhor.

  • Para a criança se relacionar melhor com as pessoas, vale ter uma cadeirinha e uma mesa na altura dela. Assim, ela fica confortável no espaço, consegue ver TV e conversar, utilizando móveis nas dimensões adequadas;
  • Pontos de atenção: cuidado com móveis com quinas ou instáveis, que possam tombar, e esconda ou proteja as tomadas.

Banheiro

Muitos aprendizados, como tomar banho e escovar os dentes por conta própria, podem ficar mais simples com o método montessoriano.

  • No box, deixe shampoo, condicionador e sabonete da criança em um banquinho ou mesmo no chão, para que ela possa se lavar sozinha;
  • Da mesma forma, o suporte de toalha deve deixá-la acessível para que a criança possa se secar sem pedir ajuda. Vale pendurar em um suporte de chão ou até em um ganchinho com ventosas, que pode ficar mais alto conforme a criança cresce;
  • Outro facilitador é um banquinho para a criança alcançar a pia, com escova e creme dental ao seu alcance.

Cozinha

As crianças adoram ajudar e se sentir úteis, e a cozinha é um excelente lugar para colocar em prática o Método Montessori.

  • Em uma estante pequena, uma gaveta baixinha, nicho ou prateleira da altura da criança, coloque os objetos que ela mais usa. Copos, pratinhos, talheres e até uma jarra ou garrafa com água para beber;
  • Alguns especialistas recomendam utensílios de metal, pois eles fazem barulho ao cair. A ideia é mostrar que a falta de cuidado traz consequências;
  • Na geladeira, coloque as frutas, o iogurte e outros alimentos da criança em uma prateleira mais baixa. Mas nada de pegar o que quiser a qualquer hora!
  • Com um banquinho, a criança fica na altura da pia e consegue ajudar os pais em alguma atividade, sempre com supervisão.

Varanda

A varanda é outro lugar que pode ficar bem mais interativo e divertido com o método montessoriano.

  • Crie um cantinho de pintura, onde a criança consegue se divertir. Vale colocar um cavalete, uma mesinha, um tapete educativo para demarcar. É importante que ela limpe tudo depois de usar, pois um princípio básico do Método Montessori é o senso de responsabilidade, de causas e consequências;
  • Faça uma hortinha de temperos que a criança possa ajudar a cuidar. Ao mesmo tempo, ela vai entender a importância da natureza, os princípios da alimentação e muitos outros conhecimentos importantes.

Viu como não é complicado?

Tudo vai depender, sempre, do ritmo de desenvolvimento de cada criança. É importante estar atento para quando ela pede ajuda diante de situações novas e buscar atender ao que ela precisa.

Com o Método Montessori, a criança adquire uma sensação de pertencimento muito maior na sua casa e entende seu valor. É muito bonito e transformador perceber que essas lições vão ficar para a vida inteira, para toda a família!

Posts relacionados

Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades por e-mail.

voltar para o topo