Central de atendimento ao cliente: Rio de Janeiro: 0800 722 0036 | Demais localidades: 3004 5080

Imigração Japonesa: curiosidades e legado no Brasil

Imigração Japonesa: curiosidades e legado no Brasil

Em junho se comemora o aniversário da imigração japonesa no Brasil. Para celebrar as primeiras 165 famílias que aqui chegaram vindas do país asiático – a bordo do histórico navio Kasato Maru que aportou em Santos (SP) em 18 de junho de 1908 –, selecionamos algumas curiosidades sobre a influência oriental na cultura brasileira. Confira!

Chegada ao Brasil

O grande incentivo para a vinda dos japoneses foi o acordo imigratório entre o governo dos dois países no início do século XX: o Japão vivia um período de grande crescimento populacional, enquanto o Brasil estava carente de mão de obra para as numerosas lavouras de café. Já nos primeiros 10 anos de imigração, cerca de 15 mil japoneses chegaram ao país. Até os anos 1940, o cálculo era que aproximadamente 160 mil japoneses nativos tinham chegado às terras brasileiras, a maioria deles ao estado de São Paulo.

Língua, costumes e clima foram alguns dos principais desafios enfrentados pelos primeiros imigrantes japoneses, e o desejo de retornar à terra natal era comum entre toda a comunidade. A Segunda Guerra Mundial também trouxe problemas para os japoneses que aqui viviam, mesmo que nada tivessem a ver com o posicionamento do governo nipônico durante o conflito. Preconceito e perseguição – inclusive por parte do governo brasileiro – marcou a geração dos anos 1940 e início dos anos 1950.

Herança cultural

Com o fim da guerra, o fluxo de imigrantes voltou a crescer, assim como a receptividade dos brasileiros. Hoje, somos o país com a maior quantidade de japoneses fora do Japão, sem contar as gerações de filhos, netos e bisnetos nascidos aqui e que contribuíram para tornar nossa nação uma das mais ricas e diversas culturalmente.

Entre outros legados, os japoneses foram os responsáveis por difundir e, em determinadas regiões, introduzir, sua riquíssima culinária, as diferentes técnicas de artesanato com bambus, bem como os principais conceitos do budismo no Brasil. Na cultura pop, os desenhos japoneses (animes), os quadrinhos (mangás) e os programas de TV (tokusatsus) se tornaram ícones a partir da década de 1960, tendo seu auge no início dos anos 1990. Atualmente, a música popular japonesa (J-Pop) é febre entre os mais jovens.

Em São Paulo, o bairro da Liberdade é considerado o reduto oficial dos imigrantes e descendentes japoneses, bem como o marco para as celebrações da cultura oriental no Brasil – as centenas de restaurantes, lojas e outros estabelecimentos mantêm a tradição viva por aqui, ao mesmo tempo em que evocam o senso de modernidade do Japão contemporâneo.

E você, gostou de saber mais sobre a história da imigração japonesa no Brasil? Então confira no site e nas lojas da Camicado a nossa seleção especial de utensílios inspirados na cultura oriental!

Posts relacionados

Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.

voltar para o topo