Central de atendimento ao cliente: Rio de Janeiro: 0800 722 0036 | Demais localidades: 3004 5080

Curiosidades sobre a Festa Junina

Curiosidades sobre a Festa Junina

Uma das celebrações mais tradicionais do Brasil, a Festa Junina acontece todos os anos e está entre as mais esperadas comemorações populares, ficando atrás apenas do Carnaval. Com delícias típicas, brincadeiras e muita alegria, o festejo chegou por aqui no século XVII trazido pelos europeus. Com o tempo, a festa ganhou uma identidade própria a partir da mistura de elementos do catolicismo com traços de diferentes características regionais. Confira abaixo algumas curiosidades!

Roupas

As roupas típicas, geralmente em xadrez, caracterizam as festas juninas que acontecem por aqui. Surgidas do costume europeu, em que as mulheres das cortes reais usavam vestidos rodados nas festas, as vestes juninas foram adaptadas à nossa tradição tropical com muito mais atenção às cores e detalhes, como o uso da chita como tecido e muita renda para o acabamento.

Quadrilhas

Assim como as roupas, a dança mais popular das celebrações juninas tem sua origem nos costumes da aristocracia europeia – especificamente, da França. Alguns passos famosos, como “anarriê” e “ampassã”, são palavras adaptadas do francês para a nossa língua. A região nordeste é onde os maiores concursos dessa modalidade de dança acontecem, e são sempre um sucesso absoluto!

Bandeirinhas

As bandeirolas surgiram de uma tradição católica para homenagear os três santos padroeiros da celebração: Santo Antônio, São Pedro e São João. Antigamente, as imagens dos santos eram fixadas nas bandeiras coloridas e colocadas na água antes de serem erguidas para, assim, a água que pingava dessas imagens, dizia-se, purificar o ambiente da festa. Parte desse costume permanece na simbologia das bandeirinhas protegendo o local, mas a verdade é que todo mundo adora uma decoração bem colorida para todo lado!

Casamento

Santo Antônio é popularmente conhecimento com o santo casamenteiro. Sendo um dos homenageados da comemoração, também é protagonista de uma das brincadeiras mais populares da festa junina: o casamento caipira. A figura do noivo e da noiva, fantasiados à caráter, encenam um casamento que termina na formação da famosa dança em quadrilha. É muita animação!

Fogueiras

Pular a fogueira nos arraiás brasileiros é algo muito comum, mas a origem desse hábito junino vem de outra tradição importada das culturas greco-romanas e celtas – ou seja, europeias. O ato de acender grandes fogueiras nas celebrações serviam, entre outras coisas, como forma de agradecimento aos deuses pagãos por boas colheitas, além de marcar o início do verão europeu. Aqui, além de esquentar a festa, as fogueiras permitem a reunião de amigos e familiares e deixam a celebração ainda mais bonita!

E você, se animou pra preparar um arraiá especial? Acesse nossa seleção especial inspirada na festa junina! 🙂

Posts relacionados

Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.

voltar para o topo