Central de atendimento ao cliente: Rio de Janeiro: 0800 722 0036 | Demais localidades: 3004 5080

Como fazer harmonização de vinhos para um jantar especial

Como fazer harmonização de vinhos para um jantar especial

A harmonização de vinhos ainda é um dos assuntos que mais geram dúvidas na hora de receber convidados para um jantar especial. Porém, não existem grandes segredos: a regra de ouro para quem está começando no assunto é harmonizar por tipo de vinho (branco, tinto ou rosé, por exemplo).

Para ajudar você a transformar a ocasião em uma experiência única, separamos algumas dicas essenciais de como fazer a combinação de vinhos com o menu que será servido. Confira!

Entenda a origem e as características do vinho

A primeira dica de harmonização de vinhos é conhecer a bebida que será servida. Antes de escolher qual vinho da sua adega será oferecido (ou qual você vai comprar), procure saber a ficha técnica dele: tipo de uva usada, safra, país de origem, região em que foi cultivada, teor alcoólico, entre outros.

A forma mais fácil de saber qual vinho combina com o prato que será servido é fazer a harmonização de acordo com o tipo e o corpo da bebida. Vamos falar mais sobre isso a seguir!

Saiba como harmonizar vinho tinto

Existem diferentes tipos de vinho tinto no mercado, que variam conforme a uva de origem e a estrutura, indo de leve à encorpada. Ela é formada por um conjunto de fatores, como concentração de taninos (polifenóis que dão aquela sensação seca característica do vinho tinto), teor alcoólico, acidez, entre outros.

Ao servir, você pode combinar as taças com os tipos de uvas do vinho. A Bordeaux vai bem com Cabernet Sauvignon, Syrah e Merlot, já que possui um formato com bojo grande e borda estreita que ajuda a manter a concentração dos aromas. Outra sugestão é a Borgonha, que tem a boca larga, que combina com vinhos Pinot Noir e Rioja.

Vinho tinto de corpo leve

Os vinhos tintos de corpo leve apresentam menor teor alcoólico e concentração de taninos. Eles são mais suaves no sabor, mas intensos na fragrância e na acidez. Alguns exemplos são: Gamay, Grenache, Barbera, Pinot Noir e Pinotage.

Pães, vegetais, cogumelos, queijos brancos moles, como o brie e o camembert, e carnes magras, como a de frango e peixe, são bons acompanhamentos para vinho tinto leve.

Vinho tinto de corpo médio

Os vinhos tintos de corpo médio ainda possuem menor concentração de taninos, mas acidez mais moderada. Alguns exemplos de uvas são Merlot, Cabernet Franc e Carmenere.

Essa é uma boa opção de vinho para acompanhar massa com molho vermelho. Ele também harmoniza bem com carnes vermelhas e brancas magras, embutidos, queijos, como o emmental e o provolone, além de vegetais e cogumelos.

Vinho tinto encorpado

Na última classificação dos vinhos tintos, há os encorpados, como Cabernet Sauvignon, Malbec e Tempranillo. Eles são mais intensos no paladar, com níveis altos de tanino e teor alcoólico. Podem acompanhar carnes vermelhas mais gordurosas, queijos duros, embutidos e receitas mais temperadas.

Aprenda a harmonizar vinho branco

O vinho branco é bastante leve e refrescante, perfeito para dias mais quentes, já que pode ser refrigerado em temperaturas mais baixas. Porém, assim como o tinto, é classificado em leve, médio e encorpado. Para servi-lo, as taças com corpo menor são as ideais.

Vinho branco de corpo leve

Os vinhos brancos mais leves possuem baixo teor alcoólico. São ótimos para servir com petiscos, como um ceviche, ou queijos frescos, como minas frescal e mussarela de búfala. Alguns exemplos são: Sauvignon Blanc, Pinot Grigio e Aligoté.

Vinho branco de corpo médio

O vinho branco de corpo médio possui médio teor alcoólico e aroma mais intenso, com notas de frutas amarelas e brancas. Ele combina bem com massas e risotos feitos com frutos do mar e peixes. Se você estava em dúvida sobre qual vinho combina com sushi, essa é uma boa opção. Alguns exemplos são: Viognier, Torrontés e Riesling.

Vinho branco encorpado

Os vinhos brancos mais encorpados são intensos no sabor e no teor alcoólico. Eles trazem notas de frutas secas e amarelas, flores e baunilha. A harmonização pode ser feita com peixes mais gordurosos, além de carne de frango ou peru. Alguns exemplos são: Chardonnay, Roussanne e Semillon.

Como harmonizar vinhos rosé

Ao falar sobre harmonização de vinhos, não poderia faltar o rosé, não é? Ele está no meio-termo entre o tinto e o branco, apresentando características mais leves e refrescantes, mas estrutura mais encorpada e maior concentração de taninos.

Fazer a harmonização do vinho rosé não é difícil: ele é versátil e combina com diferentes pratos, desde saladas até massas. Pode ser servido em temperaturas mais baixas, de 6 a 8 °C no caso dos mais doces e de 12 a 14 °C nos mais encorpados. Justamente por isso, uma ideia é servir o vinho em taxas menores, já que isso evita que a bebida esquente.

Vinho rosé ligeiro

O ligeiro tem baixo teor alcoólico, é bastante leve e tem boa acidez. Ele pode ser dividido em seco e adocicado. Ambos são bons para acompanhar petiscos, comida japonesa e frutos do mar. Exemplos: Espadeiro, Moscato e Malvasia.

Vinho rosé médio

Este tipo de vinho rosé varia de seco a meio seco, equilibrando bem doçura e acidez. Ele possui média concentração de taninos e é bastante versátil, podendo ser combinado com tábuas de frios, pizzas de diferentes sabores e massas com molho vermelho. Exemplo: Montepulciano.

Vinho rosé elegante

O rosé elegante e fino é bem equilibrado nos aromas. Esse tipo de vinho rosé combina com pratos mais refinados e leves, como peixes acompanhados de saladas e frutos do mar. Exemplo: Merlot.

Vinho rosé encorpado

Este tipo de vinho aproxima-se mais do tinto do que do branco, com teor alcoólico mais alto e sabor mais intenso. Essa bebida combina bastante com pratos mais complexos, como carnes vermelhas assadas ou grelhadas. Alguns exemplos são: Cabernet Sauvignon, Touriga e Syrah.

Gostou das nossas dicas sobre harmonização de vinhos? Esperamos que o seu jantar especial seja um verdadeiro sucesso! Para deixar a ocasião ainda mais elegante, vale a pena apostar em itens sofisticados para a mesa posta. Aproveite e confira nosso site!

Posts relacionados

Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades por e-mail.

voltar para o topo