Central de atendimento ao cliente: Rio de Janeiro: 0800 722 0036 | Demais localidades: 3004 5080

Tudo o que você precisa saber sobre decanter

Tudo o que você precisa saber sobre decanter

Decantar ou não? Essa é uma dúvida que passa pela cabeça de muitos apreciadores de vinho. E se você é um deles, esse texto foi feito para você.

Para que serve?

O decanter possui duas funções principais: a primeira é separar sedimentos que se formam e que se intensificam em vinhos que ficam longos períodos, como dez ou mais anos, descansando na garrafa antes de serem abertos. A segunda função é a de aerar o vinho. A bebida durante o seu tempo na garrafa quase não tem contato com o oxigênio, o que faz com ele dure mais tempo, mas que também demore para liberar todo o seu potencial de sabor e aroma.

De forma resumida, podemos dizer que a decantação é importante para oxigenar e separar o vinho de resíduos, intensificando os aromas e o sabor da bebida.

Quando usar?

Geralmente, os vinho tintos, seja jovem ou envelhecido, são os que mais se beneficiam do processo de decantação, porém muito especialistas defendem que toda bebida fermentado pode passar pelo decanter.

Vinho jovem: caracterizado por ter níveis mais elevados de acidez, pois não fica longos períodos descansando na garrafa. Neste caso, o papel da decantação é ajudar a acelerar o processo de maturação do vinho, deixando os taninos presentes na bebida mais suaves e valorizando o sabor.

Para este caso, o ideal é usar um decanter que tenha uma  base larga, pois assim a área de contato entre o ar e o vinho é maior, facilitando o processo de intensificação do sabor. Ah, lembre-se que quanto mais jovem o vinho, mais tempo ele deve ficar dentro do decanter.

Vinho envelhecido: com o passar dos anos, o vinho começa a acumular mais sedimentos, fazendo com que o papel do decanter seja separar a parte sólida da líquida.  Além disso, o contato com o ar também ajuda na oxigenação do vinho, abrindo o bouquet de aromas.

Neste caso, você pode utilizar decanters que sejam mais altos e com a base menor, pois a intenção principal é separar os resíduos e não é necessário que o vinho tenha tanto contato com o ar já que seu nível de maturação é elevado.

Como usar?

O primeiro passo é você identificar seu vinho e escolher o decanter apropriado. Depois, você abre o vinho, limpa o gargalo da garrafa com um pano e comece a passar para decanter lentamente. O ideal é que a bebida passe pelas paredes do decanter e não seja despejado diretamente no fundo.  Deixe o vinho descansado no decanter por alguns minutos ou horas, depois é só servir e apreciar.

Ah, agora só falta você escolher o seu decantar, clicando aqui.

Posts relacionados

Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.

voltar para o topo