Central de atendimento ao cliente: Rio de Janeiro: 0800 722 0036 | Demais localidades: 3004 5080

Truques culinários para o churrasco perfeito

Truques culinários para o churrasco perfeito

Se engana quem pensa que churrasco é só coisa de gaúcho! A carne assada na grelha ou espeto, já é uma paixão nacional. Não é à toa que, hoje, se comemora o dia oficial desse prato! E você com certeza já sabe a melhor forma de comemorar, né?

Quem aí já provou um churrasco (ou churrasquinho) sabe o valor de uma carne bem temperada, no ponto e na medida certa. Separamos alguns truques infalíveis para que o churrasco fique perfeito. Anote aí:

Dicas para o assador:

Cuidado com o sal

Você vai precisar usar sal grosso para temperar, mas lembre-se: o ideal é usar as pedrinhas maiores para pedaços grandes de carne, e o sal mais fino pode ficar para pedaços menores. Cuidado para não fazer uma camada de sal muito grossa, porque isso fará com que a carne fique seca e desidratada.    

Aposte em outros temperos

Que tal explorar outras especiarias no churrasco? Combinar o sal com tomilho, azeite de oliva ou até mesmo manteiga deixa a carne mais saborosa. Você só não pode esquecer de colocar primeiramente o sal e, depois que ele for um pouco absorvido, você pode ir acrescentando os outros itens. Ervas secas, como sal de aipo, alho e ervas, também são uma ótima dica. Use a criatividade (e o paladar)! 🙂

Prepare molhos para acompanhar a carne

Para dar um sabor a mais no prato, você pode preparar alguns molhos. O clássico vinagrete é a dica para dar um gostinho mais picante. Você também pode servir um molho de chimichurri, veja como preparar: basta picar dois maços de salsinha e uma cabeça de alho e adicionar orégano, duas colheres de sopa de molho de tomate, azeite, sal e pimenta à gosto. Depois de reservar a mistura por uma hora, ela está pronta para servir.

O segredo para assar

O segredo para manter o sabor, a maciez e suculência da carne está em algumas técnicas, como o tempo do preparo: colocar as peças perto da chama durante 15 minutos sela a superfície da carne e evita que o interior resseque (este é o segredo para o “mal passado”). Para carnes mais grossas ou passadas, você vai precisar colocá-las em um lugar mais distante do fogo, para que grelhem de maneira homogênea.

Carne gelada na grelha? Nunca!

Sem essa de tirar a carne da geladeira e colocar direto para grelhar, isso aumenta as chances de tostar. O ideal é deixá-la pelo menos 15 minutos em temperatura ambiente e depois começar o preparo. 🙂

Descubra o ponto

Sabia que dá para descobrir o ponto da carne através da técnica das mãos? Olha só como se faz:

Mal passada: junte o dedo indicador ao polegar. Fez isso? Agora, aperte aquela parte mais fofinha que forma na mão quando você faz o movimento – a carne mal passada deve ficar praticamente como essa textura.

No ponto: com o dedo anelar e o polegar, aperte a parte fofinha da palma da mão, essa é a textura que uma carne “ao ponto” deve ter.

Bem passada: junte o dedo mindinho com o polegar e aperte a parte fofinha da palma da mão. Essa é a textura que uma carne “bem passada” deve ter.

Demais, né?

Agora que você já sabe os truques, hora de colocar o avental e fazer o churrasco! Clique aqui e confira nossa seleção de produtos para churrasco. 

 

Posts relacionados

Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.

voltar para o topo