Central de Atendimento ao Cliente: Rio de Janeiro 0800 722 0035 Demais Localidades 3004 5080

Pra acertar o ponto: saiba tudo sobre churrasco brasileiro

Pra acertar o ponto: saiba tudo sobre churrasco brasileiro

O churrasco é um prato típico da América do Sul, que ganhou destaque na culinária rio grandense ainda no início das colonizações jesuítas. Hoje, essa especiaria já conquistou o paladar de muitos brasileiros. E uma delícia dessas só pode ser sinônimo de confraternização com pessoas queridas, né? Se você quer ser um assador de mão cheia e marcar o churrasco na sua casa, saiba a importância de alguns ingredientes e as vantagens dos truques de chef.

Melhor que churrasco no domingo, é ter a mesa recheada de coisas que todo mundo gosta. Já que você é o assador da rodada, a primeira coisa a se fazer é calcular a quantidade certa de carnes a ser consumida por cada convidado. Geralmente, a quantidade por pessoa fica em torno de 400g  - o que inclui as carnes e os acompanhamentos. Para os pequenos, com idade entre 6 a 11 anos, o ideal é considerar a metade, 200g.

Ah, a bebida também precisa ser calculada, até porque você não quer ninguém fora do brinde, né? Calcule 1 litro e meio de bebida por pessoa. Se você vai servir bebidas alcoólicas, essa quantidade equivale a quatro latas de cerveja. Mas é claro que nem todo mundo consome álcool, por isso tenha refrigerantes, sucos e água na dispensa.

Depois de calcular a quantidade de consumo por pessoa, chegou a hora de escolher as carnes que vai servir. Dê uma olhada nestas opções:

Carne vermelha:
Picanha: essa é uma das preferidas nos churrascos, já que além de ser apetitosa, é macia e possui um sabor especial. Você pode temperar com sal grosso, pimenta do reino e alho com pasta, por exemplo.
Costela: de porco ou de boi, essa carne sempre é destaque nos churrascos. Porém, por possuir fibras mais grossas e compridas, o tempo de cozimento é bem maior. Você pode aproveitar para temperá-la com condimentos especiais ou sal grosso com um injetor de temperos, até porque facilita esse trabalho e o gostinho chega até o centro da carne. 
Fraldinha: essa é uma carne de corte pequeno e fibras longas. Além de pouca concentração de gordura, a fraldinha é conhecida por ser bem leve e macia. Essa opção é perfeita para seus convidados mais fitness e que costumam cuidar o consumo de gordura. Ah, tem mais: se seus convidados vão levar as crianças, sem problemas! Essa carne é perfeita para os pequenos, já que o sabor não é tão forte e é digerida facilmente pelo organismo.
Maminha: por concentrar mais gordura, essa carne é considerada a mais macia, saborosa e suculenta. Para servir a maminha, corte-a em fatias sempre contra as fibras da carne.

Carne branca: além da carne vermelha, você precisa ter opção para quem não consome esse tipo de alimento. As carnes brancas, como o frango, por exemplo, são ótimas opções. A sobrecoxa fica deliciosa, já que a carne fica úmida por dentro e crocante por fora. Se os convidados preferem o peixe, a dica é preparar anchova, robalo, garoupa e namorado.

Ah! Não se esqueça dos petiscos: linguiça de porco, salsichão ou pão com pasta de alho são bem tradicionais e agrada todo mundo no almoço! ;)

Separou as carnes? Importante lembrar que elas precisam ser preparadas e limpas antes de serem levadas à brasa. Por isso, use faqueiros afiados para tirar todos os pedacinhos de gordura a mais. Deixe tudo preparado e só acenda o fogo quando os convidados chegarem, assim não tem perigo de torrar a carne e você pode controlar o cozimento. Você também precisa de garfos especiais para churrasco, assim não tem perigo de se queimar nem de ficar espetando o alimento muitas vezes. Pra quem não tem churrasqueira direto na construção da casa, a melhor dica é usar churrasqueira a carvão portátil, já que não ocupa taaanto espaço e a grelha interior não deixa você se preocupar em arranjar espetos.

Na hora de pôr a mesa, não esqueça de ter acompanhamentos como saladas - maionese, tomate e pimentão, farofas e molhos. Você também pode servir pratos quentes se preferir. Não é demais?