Central de atendimento ao cliente: Rio de Janeiro: 0800 722 0036 | Demais localidades: 3004 5080

Monte seu cronograma de casamento

Monte seu cronograma de casamento

Quando o assunto é casamento, todo o cuidado é pouco (acredite se quiser). Por isso, a dica é criar um cronograma com passo a passo do que você precisa fazer para ter sua festa dos sonhos, principalmente se você não for contratar serviços cerimoniais. Ah, e se você souber administrar o tempo, pode planejar o casamento perfeito em 1 ano. 

Mas como assim “cronograma”? Doze meses podem parecer muito tempo, mas o ideal é que você veja algumas coisas com bastante antecedência – quase tudo, na verdade. Segundo a assessora de eventos, Lou Alonso, alguns itens básicos e todas as coisas que envolvem contratações, como decoradores e sonorização, devem ser programados ainda no início do seu planejamento. Para não ficar confuso, vamos explicar passo a passo um cronograma perfeito:

12 meses de antecedência: é nesse primeiro contato que você precisa começar a definir o “básico” – que, na verdade, são as principais providências a serem tomadas. Nessa fase, Lou explica que você deve atentar para a sua lista de convidados. Segundo a assessora, só quantificando o número de pessoas presentes no evento que você poderá contratar o bufê, o local da cerimônia e da festa, etc. “A lista de convidados delimita todo o resto: se você não possui uma lista alinhada, o seu custo pode extrapolar, o local que você escolher pode não ser adequado para a quantidade de pessoas, a quantidade de convites pode não ir de encontro com o que você esperava”, afirma.

Então, primeira coisa, é a lista. Depois disso, pode ir pensando no local, estilo de cerimônia e data. Ah, e aqui um parênteses: geralmente, os noivos fazem uma reunião com a família para determinar esses tópicos. Isso é obrigatório? Na verdade, não. Conforme explica Lou, nem sempre os pais ajudam com os custos, mas é importante dividir com eles suas expectativas e ideias de casamento para que eles possam trazer outros pontos de vista e ajudar você nas decisões. “É sempre interessante ter uma troca com outras pessoas, para ter novas opiniões sobre determinados itens, como a escolha do bufê, por exemplo”, afirma a profissional.

Nesse mesmo período, você pode sondar orçamentos dos serviços que deseja contratar, como de fotografia, videomaker, atrações (bandas ou DJ), cabeleireiro e maquiador. Além disso, decidir se vai contratar uma assessoria ou se vai organizar o casamento no estilo Do It Yourself. Segundo Lou, contratar serviços de cerimonial ajuda você a manter o cronograma em dia e a não se estressar com as correrias.

9 meses de antecedência: é hora de definir o estilo da festa! Vai ficar no clássico ou ser súper despojado? A partir disso, você precisa ver os preparativos para a decoração, como arranjos, banners, etc. “Tem casais que querem um formato mais despojado, mas para isso dar certo a ideia é que o público seja mais jovem, que entenda esse conceito e não se incomode com o formato”, explica a assessora. Determinando o público que vai comparecer ao evento, você pode pensar no estilo e aí sim alinhar essa demanda com o local que você vai realizar o evento. 

6 meses de antecedência: já sabe a quantidade de convidados? Hora de provar alguns sabores e fechar o cardápio de bufê, bebidas, mesas de doces. Aqui vem aquela ideia da Lou de chamar os pais ou pessoas próximas para fazer a degustação com você.

Aqui também é momento de ver o traje dos noivos – principalmente o vestido <3 -, se serão alugados, comprados, buscar referências. Ah, mais uma dica da assessora de eventos é mandar um Save The Date: uma foto, um vídeo dos noivos, algo bem inspiracional para avisar as pessoas que o evento vai ocorrer e que elas devem reservar a data na agenda.

4 meses de antecedência: é nesse momento que você começa a ver a sua lista de presentes. Se os noivos forem para uma nova casa, é hora de pensar no que pode deixá-la mais completa – e, para isso, você pode contar com a nossa ajuda. 😉 Com esse tempo de antecedência, você também deve fazer provas de cabelo e maquiagem para não ter surpresas no dia do casamento, viu!? 😉

3 meses de antecedência: você pode começar a dar entrada nas documentações do cartório e/ou religioso. Ah! A Lou contou para gente que esse é o momento de distribuir os seus convites! Se você for convidar pessoas de outros Estados, pode mandá-los com mais antecedência ou reforçar com o Save The Date – já citado anteriormente.

2 meses de antecedência: é aqui que você fecha os últimos detalhes do casamento. Coisas que não estejam ligadas a contratações, conforme citou a assessora, como roteiro do evento, questões logísticas (horário da montagem, como vai funcionar), podem ser vistas nesses últimos dois meses. Para não ter correria, tente não deixar tudo para o final! 😉

1 mês de antecedência: Faça o último checklist, com o cerimonial e DJ, últimas provas no vestido e confira todos os fornecedores.

No dia: hora de arrasar! Aproveite ao máximo. Esperamos ter ajudado. <3

Posts relacionados

Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.

voltar para o topo