Central de atendimento ao cliente: Rio de Janeiro: 0800 722 0036 | Demais localidades: 3004 5080

Molho quente ou frio, essa salada é sempre um sucesso

Molho quente ou frio, essa salada é sempre um sucesso

Quem tem família de origem italiana sabe que se coloca desde cedo a mão na massa. Aos 9 anos de idade, o Chef Ungaretti começou a acompanhar de perto os segredos de uma boa comida feita em casa e a acreditar no poder da interação “Não basta um prato bom se a gente não gera um resultado afetivo”, comenta. Segundo Ungaretti, um bom prato é capaz de provocar os 5 sentidos com a apresentação, a beleza, a textura, o aroma e, é claro, o sabor.

Atualmente à frente da Confraria Della Vitoria, em Campinas/SP, a sua gastronomia é contemporânea, traz referências regionais, nacionais e internacionais “A gastronomia contemporânea traz referências de todo o mundo e se insere no contexto brasileiro, onde há essa riqueza de ingredientes que permite criar evoluções muito interessantes a partir de pratos já conhecidos”, explica. O Chef foi campeão do evento Tempero e Sabor com um prato que é a cara dessa gastronomia o “salmão com molho de tangerina e redução de uva com alecrim” – dá água na boca só de pensar, né?!

O Ungaretti também já participou de 3 eventos dentro da Camicado com o tema “Casar e Receber” em que ensina sempre uma receita prática e cheia de charme para recepcionar amigos em casa. Na última edição, 57 pessoas acompanharam atentamente a preparação de uma salada crocante a “Fresh Salad ao Crunch de Castanhas Nobres, Frisée & Chévre ao Molho Crocante” que é um sucesso e ainda  pode ser feita na versão com molho frio ou com molho caliente. Que tal tentar fazer em casa?

Para a salada:

Mix de folhas friseé, americana, radicchio e endívias;
Azeite extravirgem;
Geleia de framboesa ou frutti di bosco;
Aceto balsâmico reduzido.

Para o mix:

Nozes cortadas ao meio, castanha-do-Pará fatiada em lâminas fininhas, amêndoas quebradinhas e uva passa;
Mini uvas negras sem semente fatiadas ou inteiras;
Mini champingnon Paris
1/2 limão siciliano pequeno – somente o suco;
Mini tomate holandês
Queijo de cabra ralado (“chévre” em francês).

Modo de preparo:

Misture as folhas já lavadas e esterilizadas, rasgadas à mão ou cortadas com faca especial de cerâmica (para não oxidar). Disponibilize numa vasilha plástica. Após misturar as folhas, monte-as de acordo com a sua criatividade: taças, bowls, etc. Aguarde para colocar o molho por cima.

Molho frio:

Disponibilize uma vasilha tipo bowl de inox, coloque o azeite extravirgem, a geleia de framboesa, o aceto balsamico reduzido e o limão siciliano espremido, misture bem até homogeneizar e reserve. Adicione o mix de castanhas, o mini champignon e as uvas, mexa bem até homogeneizar. Coloque o molho denso em cima da salada delicadamente, depois coloque 1 tomatinho holandês para decorar. Por fim, coloque o queijo de cabra ralado por cima.

Molho caliente ao vinho do Porto reduzido:

Leve ao fogo uma panela antiaderente e adicione 0,150ml de vinho do Porto e 2 colheres de açúcar (orgânico ou refinado), mexendo bem ao fogo médio até formar um fio (ponto de calda de pudim). Após esse ponto, abaixe o fogo e adicione o azeite extravirgem, a geleia de framboesa e o aceto reduzido, o mix de castanhas, o mini champignon e as uvas. Misture bem até homogeneizar. Coloque o limão espremido e mexa bem até homogeneizar novamente – ainda com o fogo aceso por mais 1 minuto. Mantenha-o ainda quente e sirva num ramekin de porcelana, tacinha de vidro ou cristal. Pode ser servido separadamente ou por cima da salada delicadamente para servir imediatamente. Coloque o tomatinho holandês para decorar e, por fim, o queijo de cabra raladinho por cima.

A dica do Chef para essa salada maravilhosa é a montagem individual. Além do molho ser denso e pesado, a porção individual dá cor e graça à mesa posta. Uma receita delicada como essa também fica linda numa taça de sobremesa, por exemplo.

Posts relacionados

Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.

voltar para o topo